quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Remédios que podem engordar

 A primeira reação ao se ganhar alguns quilinhos é culpar os doces que comemos, a preguiça na hora de praticar atividades físicas, a dieta que não deu certo...

Mas saiba que o problema pode ser o medicamento que você está tomando. Situação difícil essa, porque quando iniciamos um tratamento médico, sabemos que a saúde têm que vir em primeiro lugar.

O nutrólogo Paulo Giorelli explica que não se pode parar com uma medicação por causa do ganho de peso, pois a saúde vem em primeiro lugar. "Existem medicamentos que engordam na maioria das vezes, mas isso não quer dizer que todas as pessoas que tomarem vão engordar", esclarece.

Mas o endocrinologista Mário Carra acrescenta que existem "outras opções a um medicamento que está causando um efeito indesejado no paciente". Os medicamentos que podem engordar são os antidepressivos, antipsicóticos, corticoides, pílula anticoncepcional, anti-hipertensivos, medicamentos de controle do diabetes, estabilizadores de humor e anti-histamínicos.

Se você toma algum desses medicamentos, fale com o seu médico, talvez existam opcões. Mas o que fazer se não existirem tratamentos alternativos?

Pode-se amenizar o problema aumentando o consumo de outros alimentos que podem ajudar a controlar o peso.
A vitamina C ajuda a diluir a gordura dos alimentos.
As fibras dão sensação de saciedade, o resultado é comer menos.
A pimenta vermelha aumenta a produção de hormônios que diminuem o apetite.
O gengibre melhora a digestão.
A canela aumenta o metabolismo.
A lista é longa! Pesquise, se informe!


Nenhum comentário:

Postar um comentário